quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Talvez....

Eu não sei quem seriamos nós sem essa velha historia, onde estaria nossos pensamentos se não fosse todos os problemas. Possivelmente meu sorriso seria por outros motivos, e quem sabe não haveria lagrimas enxugadas no travesseiro. Seriam outros planos, outros medos, outros passos e outros anseios. Eu me pertenceria e certamente não haveria palavras para esse texto, mas seriam outros versos, talvez mais lindos, mas frios como teu coração.
 Se não fossem os poucos instantes do dia em que me lembro de nós, de você e suavemente de mim, e se não tivesse eu procurando seu olhar em cada esquina e me achando perdida, se não fosse aquela musica que insiste em tocar particularmente pra mim, se não tivesse suas palavras socando minha cabeça, e eu tomando remédio contra você. E se não fosse o meu reflexo no espelho me fazendo querer cuidar de mim, se a tua frieza não causasse repudio ao meu coração, se não me transformasse naquilo que eu fujo, talvez eu me abandonasse, pra ti aceitar com todos os erros e sem os preceitos.
Maristela Saldanha/ 04/09/13